Buscar

Selo para produtos artesanais deve ser regulamentado em um mês

terça-feira, abril 16, 2019


O secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, José Guilherme Leal, afirmou que o decreto que regulamenta a lei dos produtos artesanais e cria o Selo Arte deve ser publicado nos próximos 30 dias. A medida vai possibilitar que a produção de origem animal da agricultura familiar, como queijos, mel e embutidos, possa ser vendida em todo o território nacional. Atualmente, a comercialização é limitada ao município ou estado em que é feita e inspecionada. A pasta montou um grupo de trabalho para criar a regulamentação que deve ser assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, para entrar em vigor.

“O presidente deve aprovar possivelmente dentro de um mês o decreto que regulamenta lei do Selo Arte. Mudou um pouco a lei de inspeção para reconhecimento do produto artesanal. Esse produto vai continuar tendo inspeção, do município, do estado ou federal, e vai ser qualificado como produto arte. Vai ter controle de qualidade e inspeção adaptados a pequena produção. Tendo a inspeção do município e for produto artesanal, típico, se qualifica como artesanal e poderá ser vendido em todo o Brasil”, adiantou o secretário ao Canal Rural.

O selo valerá para os produtos de origem animal. Aqueles feitos à base de vegetais, como doces, geleias e rapaduras, já podem ser comercializados a nível nacional.

“Mantemos a segurança, pois tem um serviço de inspeção por trás, mas ampliamos o acesso a esses produtos. É bom para o agricultor e bom para o Brasil. Existe uma valorização da gastronomia, as pessoas da cidade estão buscando por produtos diferentes, valorizando produtos regionais. É importante a gente ter esse acesso”, apontou.

O Ministério da Agricultura criou um grupo de trabalho estabelecer os critérios para a comercialização interestadual desses produtos, garantindo que as exigências sanitárias sejam cumpridas, bem como os requisitos de excelência de produção artesanal que evidenciam o vínculo cultural e territorial. Já foram realizadas duas reuniões (uma em dezembro de 2018 e outra em fevereiro de 2019). A lei do Selo Arte foi sancionada pelo ex-presidente Michel Temer em junho do ano passado.

Fonte: Canal Rural

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Acrocomia aculeata (2) Alimentos (219) animal nutition (1) Aspectos Gerais (174) Aviação (24) Aviation market (13) Biocombustíveis (166) Biodiesel (68) Bioeconomia (15) Bioeletricidade (2) Biofertilizantes (1) Biofuels (83) Biomass (7) Biomassa (49) Biopolímeros (3) Bioquerosene (18) Biotechnology (21) Biotecnologia (2) Brazil (19) Cerrado (1) Ciência e Tecnologia (173) Clima e ambiente (181) climate changed (20) Cogeração de energia (9) COP24 (76) COP25 (13) Cosméticos (19) Crédito de Carbono (26) Cultivo (96) eco-friendly (2) Economia Internacional (60) Economia Verde (154) Economy (25) Ecosystem (1) Efeito estufa (4) Energia (26) Energia Renovável (149) event (6) Eventos (71) Extrativismo (19) Farelos (27) farm (1) Fibras (8) Floresta plantada (62) Food (40) food security (1) Fuels (16) Global warming (77) Green Economy (111) health (21) Industry 4.0 (1) IPCC (13) livestock (4) Low-Carbon (39) Lubrificantes e Óleos (18) Macaúba (493) Manejo e Conservação (37) Meio Ambiente (79) Melhoramento e Diversidade Genética (52) Mercado (3832) Mercado florestal (43) Nutrição animal (15) nutrition (9) Oil (42) Óleos (209) other (1) Paris Agreement (57) Pecuária (59) Pegada de Carbono (40) pirólise (1) Plant Based (6) Política (51) Produtos (140) proteína vegetal (21) Recuperação de área Degradada (23) renewable energy (10) Research and Development (7) SAF (1) Saúde e Bem-Estar (73) science and technology (25) Segurança Alimentar (34) Soil (7) Solos (8) Sustainability (34) Sustainable Energy (52) Sustentabilidade (286) Vídeo (193) World Economy (62)

Total de visualizações de página