Buscar

Riqueza do Brasil é 25% menor do que seria sem mudanças climáticas

quarta-feira, abril 24, 2019

Um novo estudo mostra que as mudanças climáticas já atingem a economia de países—e o resultado disso não é nada bom. A desigualdade entre países ricos e pobres cresceu ao longo das últimas décadas por conta de problemas gerados pelo aquecimento global. O estudo, realizado por pesquisadores da Universidade de Stanford, foi publicado no periódico científico Proceedings of the National Academy of Sciences.

De acordo com o trabalho, entre 1961 e 2010, países pobres viram a riqueza média de seus habitantes cair até 36% por impacto das mudanças climáticas no meio ambiente. O principal exemplo apresentado pelos pesquisadores é do Sudão. O PIB per capta do país, em 2010, era 36% menor do que teria sido se não houvesse mudanças climáticas provocadas por ações humanas.

A situação também é preocupante para o Brasil, que faz parte dos cinco países mais afetados. O estudo afirma que o PIB per capta brasileiro era 25% menor do que teria sido sem efeitos das mudanças climáticas.

Os 5 países que mais viram piora no PIB per capta por conta de mudanças climáticas são:
Sudão: -36%
Índia: -31%
Nigéria: -29%
Indonésia: -27%
Brasil: -25%

Na outra ponta, entre os que viram melhora nas suas economias graças a efeitos das mudanças climáticas, estão principalmente países desenvolvidos. A Noruega, por exemplo, viu seu PIB per capta 34% maior do que teria sido sem mudanças climáticas.

“Dados históricos mostram com clareza que as lavouras ficam mais produtivas e as pessoas mais saudáveis e eficientes no trabalho quando temperaturas estão amenas”, explica Marshall Burke, professor assistente de Stanford e um dos autores do estudo. “Isso quer dizer que um pouco mais de calor ajudaria países frios. O oposto, porém, acontece em países onde já é quente.” O mapa abaixo mostra de forma clara como os países em zonas tropicais tiveram impactos negativos, diferente daqueles em faixas de clima mais frio.

Mapa mostra efeito das mudanças climáticas nas economias (Foto: Noah Diffenbaugh e Marshall Burke)
Mapa mostra efeito das mudanças climáticas nas economias (Foto: Noah Diffenbaugh e Marshall Burke) MAPA.
Os 5 países que mais viram melhora no PIB per capta por conta de mudanças climáticas são:
Noruega: +34%
Canadá: +32%
Suécia: +25%
Grã-Bretanha: +9,5%
França: +4,8%

Os pesquisadores afirmam que, de forma geral, países frios obtiveram benefícios das mudanças climáticas, enquanto que países quentes foram negativamente afetados. A conta complica, no entanto, para os países em regiões temperadas, como EUA, China e Japão.

Aumento da desigualdade
Como consequência, os autores afirmam que houve um aumento considerável na desigualdade entre os países ricos e aqueles em desenvolvimento. De acordo com os dados do estudo, a distância econômica entre desenvolvidos e subdesenvolvidos está 25% maior do que estaria em um mundo sem mudanças climáticas.

Fonte: Época Negócios

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página