Buscar

Qualidade química do solo e dinâmica de carbono sob monocultivo e consórcio de macaúba e pastagem

sexta-feira, abril 12, 2019


Resultado de imagem para macaúba e pastagem

Autores: Luiz F. C. Leite, Francineuma P. de Arruda, Claudyanne do N. Costa, Juscélia da S. Ferreira & Manoel R. Holanda Neto.

Resumo: Neste trabalho objetivou-se avaliar o efeito do monocultivo e do consórcio de macaúba e pastagem sobre a qualidade química e os compartimentos de carbono em Latossolo Vermelho-Amarelo no Cerrado Maranhense. Foram estudados quatro sistemas de uso do solo: macaúba, pastagem, macaúba consorciada com pastagem e vegetação nativa de cerrado. 

Nesses sistemas foram coletadas amostras de solo da superfície até 60 cm, para determinação dos atributos químicos e dos teores e estoques de carbono orgânico do solo. Os maiores valores de P, K, Ca e Mg foram observados nas áreas sob pastagem. Os estoques de carbono orgânico total e os teores de carbono lábil foram maiores no solo com vegetação nativa até 60 cm de profundidade, seguida pelo sistema macaúba associada com pastagem. Maiores valores de carbono da biomassa microbiana e de quociente microbiano foram observados no solo sob pastagem em todas as camadas. 

A presença da pastagem é importante no consórcio com macaubeiras pois aumenta os níveis de fertilidade do solo e os estoques de carbono favorecendo a melhoria da qualidade do solo nas condições do cerrado maranhense.

Para ler o artigo completo, clique aqui.

Fonte: Scielo

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página