Buscar

Desenvolvimento do pericarpo em macaúba [Acrocomia aculeata (Arecaceae)]

terça-feira, abril 23, 2019

Resultado de imagem para pericarpo macaúba

Autor: Reis, Sarah Barbosa; Mercadante-Simões, Maria Olívia  e  Ribeiro, Leonardo Monteiro.

Resumo: O objetivo deste trabalho foi caracterizar anatomicamente o pericarpo da macaúba (Acrocomia aculeata) durante seu desenvolvimento. Foram avaliados ovários de flores coletadas no dia da antese da bráctea e pericarpos em diferentes fases de desenvolvimento, por meio de técnicas usuais em anatomia vegetal. A parede ovariana apresenta duas regiões meristemáticas, uma adjacente à epiderme externa e outra que envolve a cavidade seminal. 

A região meristemática externa origina o exocarpo lenhoso. A região meristemática interna é responsável pelo espessamento do mesocarpo oleaginoso-fibroso e do endocarpo pétreo. A esclerificação do exocarpo e do endocarpo, que ocorre próximo dos 70 dias da antese, define o volume final do fruto. A lignificação das células do exocarpo é incompleta, conferindo porosidade à estrutura. No mesocarpo se desenvolvem numerosos canais, formados pela fusão de idioblastos contendo ráfides. 

No endocarpo, a lignificação e a orientação das esclereídes em várias direções, conferem impermeabilidade e rigidez. Nos frutos maduros, a reserva lipídica se localiza em células parenquimáticas do mesocarpo e observa-se a presença de poro germinativo no endocarpo, composto por células parenquimáticas.

Para acessar o artigo completo, clique aqui.

Fonte: Scielo

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página