Buscar

Biomassa: sorgo de seis metros é alternativa na geração de energia

quinta-feira, março 28, 2019

sorgo, biomassa
Foto: Kenia Santos/ Canal Rural.

Segundo a Embrapa, além de apresentar um rápido crescimento, a nova cultivar também tem alto potencial produtivo.


Uma planta que em 180 dias é capaz de atingir até seis metros de altura; essa é uma das principais características do BRS 716, híbrido de sorgo biomassa que é uma das novidades apresentadas pela Embrapa durante o Show Safra BR-163, que acontece em Lucas do Rio Verde (MT).

Segundo pesquisadores da entidade, além de apresentar um rápido crescimento, a nova cultivar também tem alto potencial produtivo, podendo alcançar 150 toneladas por hectares de massa verde e cerca de 35 toneladas por hectares de massa seca por semestre. Outras plantas usadas para a mesma finalidade, como por exemplo o eucalipto, produzem cerca de 100 toneladas de por hectare de massa seca, mas em um período de cinco anos.

Características como estas favorecem o produto como fonte de biomassa em caldeiras industriais, como é o caso das plantas de etanol de milho, que vem sendo instaladas na região médio-norte de Mato Grosso. Ainda de acordo com a Embrapa, o sorgo biomassa possui uma adaptação para diversas regiões produtoras brasileiras, principalmente Sudeste e Centro-Oeste.


Características

O período de semeio é restrito aos meses de outubro a dezembro, já que a planta é sensível à luz solar e tem sua produtividade reduzida nos plantios de janeiro.

Já em condições de cadeia produtiva, o sorgo se encaixa perfeitamente para fornecer matéria prima de qualidade entre os meses de março a abril, quando há falta de bagaço de cana-de-açúcar, isso porque é neste período que as usinas ficam paradas ou estão em início de safra.

Plantio, manejo cultural e colheita são feitos com uso de máquinas. Diferente da cana e do capim-elefante, que têm plantio com estacas, o sorgo biomassa é propagado por sementes, o que facilita a implantação das áreas, explica a empresa.

Fonte: Canal Rural

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página