Buscar

Modelagem cinética de esterificação catalítica de óleo de macaúba não comestível usando resina de troca catiônica macroporosa

terça-feira, fevereiro 26, 2019

Resultado de imagem para macauba

Autor: Daniel Bastos de Rezende

Resumo: A disponibilidade de matéria-prima de baixo custo é o fator chave para a viabilidade econômica na produção de biodiesel. Conjuntamente com a matéria-prima, outros fatores que elevam os custos no processo de transformação do óleo vegetal ou gordura animal em biodiesel por transesterificação alcalina, estão associados às etapas de purificação da matéria-prima e produtos. 

Este trabalho pretende ser uma contribuição para a viabilização da cultura da Macaúba como fonte de óleo para a produção de biodiesel. A Macaúba é uma oleaginosa em foco no Estado de Minas Gerais, cuja atual forma extrativista de obtenção a classifica como matéria prima de acidez elevada, portanto não apta para a produção de biodiesel por processos convencionais. Propõe-se, neste trabalho, o projeto de uma planta industrial contendo processo alternativo de separação dos ácidos graxos livres do óleo da polpa do fruto da Macaúba, tecnicamente viável e ambientalmente correto, visando a adequação desse óleo para a produção de biodiesel por transesterificação etílica via catálise alcalina homogênea. A proposta contempla o desenvolvimento de dois processos principais: primeiramente foca-se na diminuição do teor de ácidos graxos livres por extração líquido-líquido utilizando como solvente o etanol, que, posteriormente será utilizado no processo de transesterificação dos triacilgliceróis por catálise básica, e; o segundo processo, tem como objetivo realizar a esterificação dos ácidos graxos remanescentes utilizando-se resina catiônica como catalisador. 

Na sequência, tomando-se como base os resultados obtidos, propõe-se um projeto com fluxograma e dimensionamento básico de uma planta industrial de tratamento de óleo de Macaúba com acidez inicial de 15% em massa de ácido oleico com capacidade de 50 kg/h.

Fonte: Biblioteca Digital da UFMG

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página