Buscar

Entenda como a agricultura 4.0 inovou no monitoramento inteligente da lavoura

quinta-feira, fevereiro 21, 2019

- Entenda como a agricultura 4.0 inovou no monitoramento da lavoura
Imagem Divulgação
A tecnologia tem mudado e revolucionado tudo ao nosso redor. Hoje em dia, muita coisa é resolvida com um smartphone na palma da mão. E se engana quem acha que a tecnologia ainda não chegou a lugares rurais. As combinações destes dois fatores têm sido responsáveis por um salto na produtividade das lavouras e por oferecer ao produtor agrícola a possibilidade de administrar sua fazenda remotamente, tudo isso graças ao advento do monitoramento inteligente.

A agricultura 4.0 - ou agricultura de precisão – chegou para revolucionar o setor no Brasil e fez do país uma das referências em tecnologia agrícola no mundo. É por meio dela que é possível prever, planejar, traçar metas e verificar, em tempo real, o que acontece na lavoura. A chamada agricultura de precisão se tornou agricultura de decisão ao tornar possível uma gestão do negócio mais assertiva.

O monitoramento inteligente é uma das tecnologias nascidas da agricultura 4.0. Na prática, como isso funciona? O aprimoramento genético, por exemplo, melhorou a qualidade das sementes e aumentou a produtividade, as máquinas e implementos agrícolas de última geração trouxeram mais agilidade no preparo do solo, no plantio e na colheita. A utilização de drones favorece a análise, do alto, de falhas no plantio, excesso de irrigação e a detecção da presença de pragas e doenças na lavoura.

Sensores instalados no campo são outros recursos que vieram ajudar no monitoramento da lavoura, ao possibilitarem a extração de dados do solo, como temperatura e umidade. Isso permite, por exemplo, a economia de água, à medida que o sensor indica a hora exata da irrigação, com base na umidade do solo.

A tecnologia do GPS, instalada em máquinas como tratores, proporciona um mapeamento completo da produção e inspeção dos processos agrícolas. Também realiza a navegação do trajeto do maquinário e coleta de dados diversos. Falando de coleta de dados, o big data também já chegou ao setor e fornece grande quantidade de informações ricas para o produtor como direção do vento, temperatura, aspectos geográficos, nutrientes do solo e umidade, auxiliando no planejamento agrícola.

Conheça alguns dos benefícios do monitoramento da lavoura à distância:

Aumento de produtividade

Segundo as Organizações das Nações Unidas, a ONU, teremos quase 10 bilhões de pessoas habitando no mundo até 2050. É muita gente para a agricultura alimentar. E, novamente, a tecnologia digital está à disposição para ajudar nisso. Um estudo do Ministério da Agricultura revelou que quase 60% do crescimento da produção agrícola entre 1975 e 2015 se deve à tecnologia. Isso acontece graças aos softwares e novos conceitos, como o já citado big data, que possibilitam a extração de dados que podem ser usados de forma estratégica na gestão do negócio, contribuindo para o aumento do rendimento e da produtividade agrícola.

Administração rural 4.0

É por meio das informações obtidas em plataformas digitais e da inteligência por trás desses dados, que o agricultor consegue prever possíveis problemas, detectar falhas na lavoura em tempo real e, assim, tomar decisões mais assertivas e estratégicas.

Liberdade para o agricultor administrar

O produtor agora, mais do nunca, é um empresário rural e, além de entender sobre agricultura, precisa administrar o negócio, estabelecer metas, traçar planos e se programar para as próximas safras. O monitoramento remoto permite mais tempo livre para o agricultor realizar essas outras atividades, sem descuidar da lavoura.

Redução de custo

O monitoramento inteligente também ajuda na redução de custos, ao ajudar a evitar falhas de produção. Fim da sobreposição de sementes, diminuição de desperdício de fertilizantes, aumento na eficiência da utilização de insumos, além da redução do consumo do combustível dos maquinários são alguns exemplos. Por meio de dados detalhados na tela do computador ou do celular, o agricultor tem um entendimento mais preciso do negócio e pode, assim, economizar.

Mais segurança

O produtor ainda pode aproveitar a infraestrutura de conectividade para o controle de acesso à propriedade. Soluções de monitoramento inteligente e de reconhecimento facial, quando utilizadas como medidas de segurança da propriedade, ajudam no sistema de vigilância, tão importante em diferentes lugares.

Sustentabilidade

Com consumidores cada vez mais informados e exigentes, as empresas vêm se movimentando em direção a uma administração mais consciente, que concilie lucro e crescimento sustentável. A agricultura de precisão é um recurso aliado do produtor e do meio ambiente ao oferecer, através da automatização de processos e da análise de dados em larga escala, menos dano ao solo, menor consumo de água, além da aplicação correta de insumos, fertilizantes e defensivos. A agricultura sustentável gera economia financeira, impacta menos o meio ambiente e aumenta a produtividade da lavoura.

A prática da agricultura de precisão vem ganhando cada vez mais força, mesmo em propriedades de pequeno e médio porte. O avanço tecnológico vem revolucionando o agronegócio de ponta a ponta, desde o preparo do solo pré-plantio até após a colheita.

Fonte: Massa News

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página