Buscar

Parreiras e kiwis podem dar milhões de litros de “gasóleo”

quarta-feira, dezembro 26, 2018

Norte de Portugal e Galiza estudam o potencial energético do material proveniente das podas. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens
Norte de Portugal e Galiza estudam o potencial energético do material proveniente das podas. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

Portugal - Estima-se que os 88 mil hectares de vinha existentes na região norte possam produzir material de poda suficiente para gerar energia equivalente a 22 milhões de litros de gasóleo por ano, segundo cálculos de Duarte Alves, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), um dos quatro parceiros portugueses no projeto transfronteiriço Biomassa-AP, liderado pelo Energy Lab, da Galiza. 

Os cálculos pressupõem que 65% dos ramos das podas da região podem ser recolhidos de forma mecanizada, um montante que corresponde a 170 mil toneladas de biomassa anual, especifica o docente. Estes valores reportam-se apenas à vinha, mas as podas de kiwi também estão a ser analisadas no âmbito do projeto, tendo em conta que o norte concentra quase metade da produção nacional deste fruto. Nos dois casos, trata-se de um potencial energético que está a ser desperdiçado, mas não ignorado. Galegos e portugueses estão a trabalhar em conjunto desde 2017 e deverão fechar os estudos no final do próximo ano. 

A Galiza está mais ligada ao estudo do aproveitamento dos matos, também previsto no projeto. Por agora, está concluída a recolha de podas de vinhas e de kiwis em diversas quintas do norte, num processo conduzido por Marinho Cardoso, professor da Escola Superior Agrária do IPVC. Nessa fase, foram usadas máquinas que trituraram os restos, convertendo-os em estilha (pequenas lascas, pt Brasil). Foram analisadas amostras do material, tendo sido avaliada a produtividade, o rendimento e a capacidade de trabalho em todo o processo. 

A caracterização da biomassa esteve a cargo de Gonzalo Vieiras, da Agência Galega da Indústria Florestal. Até agora, estes restos são apenas queimados pelos agricultores, muitas vezes, nos próprios locais de recolha. Mas a ideia é valorizá-los. A estilha, por exemplo, pode ser queimada em caldeiras, nomeadamente, das quintas de agroturismo, para aquecimento. Mas, numa segunda fase, poderão ser usados como combustíveis sólidos, sob a forma de paletes ou briquetes, para uso doméstico. 

A melhoria destes biocombustíveis prevê, nomeadamente, a incorporação de aditivos que permitam vir melhorar as suas características de combustão, como aponta um estudo ainda em curso. O desenvolvimento de novas tecnologias para o aproveitamento energéticos do material em causa deverá ser aprofundado durante o primeiro semestre do próximo ano e inclui soluções de gasificação, de microcogeração e sistemas de combustão. 

Já a instalação de centrais de biomassa “só terá viabilidade técnico-econômica quando utilizadas na vertente de cogeração, ou seja, na produção conjunta de calor e eletricidade, implicando que haja um consumo elevado e constante energia térmica”, explica Duarte Alves. Além do IPVC, pela parte portuguesa participam ainda o INEGI, a Agência de Energia do Cávado e a Agência Regional de Energia e Ambiente do Alto Minho. A candidatura do Biomasa-AP representou um investimento total de 2,250 milhões de euros, cabendo a Portugal 509 mil euros, comparticipados pelo FEDER em 75%.

Fonte: Dinheiro Vivo

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (26) Abiove (8) Acordo Internacional (23) Acrocomia aculeata (49) Agricultura (104) Agroenergia (119) Agroindústria (21) Agronegócio (116) Agropecuária (35) Água (1) Àgua (1) Alimentos (286) Amazônia (20) animal nutition (1) ANP (64) Arte (1) Artigo (26) Aspectos Gerais (177) Aviação (30) Aviation market (16) B12 (3) B13 (2) Bebidas (1) Bioativo (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (378) Biodiesel (268) Biodiversidade (1) Bioeconomia (58) Bioeletricidade (25) Bioenergia (165) Biofertilizantes (4) Biofuels (102) Bioinsumos (1) Biomass (7) Biomassa (85) Biomateriais (5) Biopolímeros (7) Bioproducts (2) Bioprodutos (15) Bioquerosene (36) Biorrefinaria (1) Biotechnology (34) Biotecnologia (66) Bolsa de Valores (22) Brasil (11) Brazil (28) Cadeia Produtiva (14) Capacitação (8) Carbonatação (1) Carbono Zero (5) Carvão Ativado (6) CBios (47) CCEE (1) Celulose (6) Cerrado (12) Ciência e Tecnologia (285) Clima e ambiente (242) climate changed (42) CNA (1) Cogeração de energia (29) Combustíveis (84) Combustíveis Fósseis (26) Comércio (15) Consciência Ecológica (20) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (4) Copolímeros (2) Cosméticos (27) Crédito de Carbono (38) Crédito Rural (2) Créditos de Descarbonização (22) Cultivo (113) Curso (3) Dados (1) Davos (3) Desafios (1) Desenvolvimento Sustentável (120) Desmatamento (1) Diesel (13) Diesel Verde (13) eco-friendly (4) Economia (65) Economia Circular (6) Economia Internacional (109) Economia Verde (169) Economy (30) Ecosystem (6) Efeito estufa (14) Eficiência energética (40) Empreendedorismo (3) Empresas (26) Energia (82) Energia Renovável (235) Energia Solar Fotovoltaica (16) Etanol (66) Europa (1) event (10) Eventos (113) Exportações (67) Extrativismo (49) FAO (2) Farelos (45) farm (1) Fibras (9) Finanças (4) Floresta (2) Floresta plantada (97) Fomento (9) Food (42) food security (7) forest (1) Fuels (26) Gás (3) Gasolina (1) Gastronomia (1) GEE (2) Glicerina (2) Global warming (98) Green Economy (125) health (22) IBP (1) Incentivos (4) Industry 4.0 (1) Ìnovaç (1) Inovação (79) Instituição (1) Investimento (1) IPCC (14) L72 (4) L73 (7) Legislação (6) Lignina (7) livestock (4) Low-Carbon (45) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (557) Madeira (11) Mamona (1) Manejo e Conservação (90) MAPA (10) Matéria Prima (1) Meio Ambiente (174) Melhoramento e Diversidade Genética (67) Mercado (4021) Mercado de Combustíveis (57) Mercado Financeiro (9) Mercado florestal (64) Mercado Internacional (37) Metas (2) Milho (13) MME (25) Mudanças Climáticas (16) Mundo (37) Nações Unidas (1) net-zero (3) Nutrição animal (17) nutrition (9) Oil (50) Oleaginosas (81) Oleochemicals (8) Óleos (242) Óleos Essenciais (3) ONGs (1) ONU (7) Oportunidade (1) Oportunidades (1) other (1) Palma (16) Paris Agreement (85) Pecuária (74) Pegada de Carbono (78) Personal Care (3) Pesquisa (33) Petrobras (9) Petróleo (24) PIB (2) pirólise (3) Plant Based (16) Política (74) Preços (28) Preservação Ambiental (20) Produção Animal (6) Produção Sustentável (38) Produtividade (31) Produtos (150) Proteção Ambiental (7) proteína vegetal (28) Recuperação de área Degradada (42) Recuperação Econômica (3) Relatório (8) renewable energy (18) RenovaBio (50) Research and Development (10) Resíduos (3) SAF (3) Safra (1) Saúde e Bem-Estar (90) science and technology (46) Sebo (4) Segurança Alimentar (78) Segurança Energética (12) Selo Social (4) Sistema Agroflorestal (20) Sistemas Integrados (8) Soil (9) Soja (57) Solos (22) Sustainability (52) Sustainable Energy (66) Sustentabilidade (494) Tecnologia (24) Transportes (5) Turismo Sustentável (3) Unica (1) Vídeo (233) World Economy (76)

Total de visualizações de página