Buscar

Maranhão é destaque nacional e adere ao Pacto pela Alimentação Saudável – Maranhão

terça-feira, dezembro 04, 2018



O Maranhão foi convidado a assinar o Pacto Nacional para Alimentação Saudável durante o 19º Encontro das Câmaras Intersetoriais de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), realizado esta semana em Brasília. As ações concretas da gestão estadual na área da segurança alimentar credenciaram o Maranhão como o quarto estado no Brasil a fazer esse pacto e dar continuidade nos investimentos em segurança alimentar e nutricional, promoção do acesso a alimentos de qualidade e articulação de ações para o enfrentamento das doenças decorrentes da má alimentação.
O documento foi assinado pela secretária de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Lilian Rahal, e pelo secretário de Desenvolvimento Social do Estado do Maranhão, Francisco de Oliveira Júnior.
O evento promovido pelo MDS reconheceu o planejamento do governo maranhense para o setor. “O pacto se concretiza como um importante compromisso firmado potencializando as ações que já vem sendo implementadas e propondo novas metas que fortalecem a Política de Segurança Alimentar e Nutricional no Maranhão. Importante destacar que em menos de quatro anos de gestão, crescemos de seis para 25 cozinhas e restaurantes populares e avançamos nove pontos no índice de Segurança Alimentar. Os avanços nessa política pública são sinal de um governo que faz a diferença no prato e na vida das pessoas”, afirmou Francisco de Oliveira Júnior, gestor da Sedes.

Francisco de Oliveira Júnior, secretário de Desenvolvimento Social, assinou a inclusão do Maranhão ao Pacto Nacional para Alimentação Saudável. (Foto: Divulgação)
Significativos passos para implementação do Pacto da Alimentação Saudável foram dados por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes). Os dois mais recentes destaques foram a elaboração e publicação do Caderno Pedagógico de Educação Alimentar que está sendo distribuído a educadores da rede pública estadual de ensino. O outro destaque foi a realização do concurso de vídeos educativos produzidos pelos alunos do ensino médio da rede pública estadual, com o tema: Alimentação Saudável na Promoção da Saúde.
Segundo a secretária adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Lourvídia Caldas, o Maranhão também ganhou destaque por ser o estado com mais articulações para ampliar a adesão dos municípios maranhenses ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan).
“Em 2015, apenas 11 municípios haviam feito a adesão ao sistema, que é legalmente instituído como Lei Orgânica, que tem o propósito de promover em todo o território nacional o direito humano à alimentação adequada. Agora já temos 47 municípios adesos e mais 38 em processo de adesão. É um salto histórico não apenas para o estado, mas nacionalmente”, explicou a secretária adjunta.
O Sisan reúne diversos setores do governo e da sociedade civil em torno desse propósito e é responsável pela promoção, formulação e articulação de políticas de segurança alimentar em âmbito nacional.
Ainda entre as ações positivas da política estadual de segurança alimentar, que também ganharam o reconhecimento do MDS, estão a implantação de 30 cozinhas comunitárias ou Cresan (centro de referência de segurança alimentar e nutricional) nos municípios maranhenses com os piores Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM).
Fonte: Folha Nobre

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página