Buscar

Cientistas descobrem genes que moldam vegetais

quinta-feira, novembro 15, 2018


Imagem relacionada

Um estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Ciências Agrárias e Ambientais da Universidade da Geórgia (UGA) descobriu um conjunto de traços genéticos compartilhados por várias plantas que dão as formas das suas frutas, folhas ou sementes. De acordo com Esther van der Knaap, professor de horticultura da universidade e um dos responsáveis pelo estudo, agora é possível explicar as formas de várias frutas e vegetais.
"Descobrimos que, no tomate, as células da planta são divididas em uma coluna ou fileira e isso determinará sua forma. Nós também achamos que este mecanismo é provavelmente o mesmo em várias outras espécies de plantas: melões, pepinos, batatas. Eu até consegui concluir que o mesmo mecanismo controla a forma dos grãos de arroz e das folhas”, comenta.
O estudo descobriu que as sequências genéticas que controlam a forma e o tamanho dos tomates o fazem controlando a divisão celular ou o tamanho das células. Muitas das sequências genéticas representam genes que contam uma pequena história sobre como as frutas são formadas.
Nesse cenário, Kanaap explica que alguns desses genes afetam o tamanho e a forma da fruta nos estágios posteriores do desenvolvimento, pouco antes do amadurecimento da fruta e outros afetam a forma e tamanho muito antes da floração. Assim, o mesmo gene controla traços em tomate e batata, pois são da mesma família, por exemplo.
“Quase todos os genes desses dois genomas são colineares entre si. Isso geralmente significa que o mesmo gene controla os traços relacionados em ambas as espécies. Com relação ao tomate, o gene que controla a forma do fruto também controla a forma do tubérculo de batata, uma vez que está localizado no mesmo local no genoma”, conclui.
Fonte: Agrolink

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página