Buscar

Custo pode aumentar em 80% sem glifosato, diz Rabobank

terça-feira, setembro 18, 2018


Resultado de imagem para glifosato

Os agricultores brasileiros terão e recorrer a uma “cesta de herbicidas”

Estimativas do Rabobank indicam que a suspensão do glifosato para o próximo ciclo da soja brasileira pode gerar um acréscimo de 80% nos custos da produção. Isso porque os agricultores terão de buscar no mercado outras alternativas para suprir a falta desse princípio ativo, que consegue desempenhar a função de vários outros defensivos.
De acordo com o Rabobank, os agricultores brasileiros terão e recorrer a uma “cesta de herbicidas”, o que poderia fazer com que o custo aumentasse ainda mais, já que a tendência é que a demanda adicional por esses defensivos pode fazer com que os preços dos mesmos fiquem mais altos. Nesse cenário, a companhia afirma que as autoridades brasileiras devem estar cientes do impacto dessa decisão para a economia do País.
“É uma discussão crítica para o agronegócio brasileiro, e a repentina suspensão do uso e venda de um importante herbicida afetaria o manejo de ervas daninhas da produção agrícola mais importante do País. Portanto, é importante entender o impacto de tal medida na produção de soja”, escreveu a multinacional bancária.
Segundo as estimativas, o Brasil iniciará o plantio da safra 2018/2019 em meados de setembro e o Rabobank espera que a área plantada de soja brasileira atinja 36,7 milhões de hectares, acima dos 35,1 milhões de hectares da safra passada. No entanto, caso a suspensão do herbicida não seja cancelada, é possível que a área tenha pouco, ou nenhum aumento em relação ao último ciclo.
“Em termos de produção, espera-se que o tamanho da safra de soja do Brasil atinja 118 milhões de toneladas na próxima temporada, mas essas limitações na expansão podem reduzir essa tendência para 112 milhões de toneladas”, finaliza o Rabobank.
Fonte: AgroLink

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Total de visualizações de página