Buscar

EMBRAPA REALIZA EVENTO SOBRE RECUPERAÇÃO DE PASTAGEM E SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO

quinta-feira, novembro 02, 2017


O dia de campo é gratuito e as inscrições serão realizadas no local, no início da manhã. Mais informações no telefone (69)3219-5058.

A Embrapa Rondônia e parceiros realizam, no dia 7 de novembro, o Dia de campo práticas sustentáveis para a produção pecuária, com foco em tecnologias para a recuperação de pastagens e adoção do sistema de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). O evento será das 7h30 às 12h45, no Campo Experimental da Embrapa Rondônia, em Porto Velho, localizado na BR 364, Km 5,5. O público alvo são produtores, técnicos extensionistas, empresários do agronegócio, estudantes e demais interessados no assunto. 
O evento atende a uma demanda do setor produtivo de Rondônia, que busca alternativas para o aumento da produtividade de forma sustentável, associado à eficiência da atividade e o aumento na renda. “Queremos sensibilizar e apresentar soluções ao público do evento para uma pecuária que busque maximizar a eficiência produtiva e minimizar impactos ambientais”, reforça um dos coordenadores da ação, Rhuan Lima. Para isso, uma equipe qualificada de pesquisadores e técnicos estará à frente das estações, abordando assuntos como variedades de forrageiras, programas de desenvolvimento agropecuário, conforto animal e reprodução. Programação completa abaixo.
Importância do sistema ILPF
No Brasil, a adoção de sistema ILPF abrange 11,5 milhões de hectares, segundo estudo do Kleffmann Group. Mostra ainda que em 83% dessa área é praticada a integração na modalidade lavoura-pecuária (ILP), por pecuaristas e 99% por produtores de grãos. Em Rondônia não é diferente, a adoção do sistema integrado tem aumentado cada vez mais.  
Sabe-se que 23% do território nacional é ocupado com pastagens, aproximadamente 198 milhões de hectares. É sabido também que a maioria dessas pastagens encontra-se degradada. Em Rondônia, por exemplo, estima-se que 70% das áreas de pastagem estejam com algum grau de degradação e uma das alternativas para a reforma, recuperação ou renovação de pastagens é por meio do sistema de integração Lavoura-pecuária-floresta, ou suas variantes, como a que vem sendo adotada em Rondônia em diversas regiões, a integração lavoura-pecuária.
Esta tecnologia proporciona uma série de benefícios, como a diversificação na produção da propriedade; redução no custo de formação das pastagens pela melhoria das condições do solo e renda com as culturas anuais; diminuição do risco de perda de renda do produtor, pois sua produtividade aumenta e não fica dependente de apenas um produto; maior conservação do solo e, consequentemente, redução de perdas com erosão e menor impacto ambiental; melhor aproveitamento da propriedade rural, e o mais importante, reduz a pressão sobre a floresta Amazônica.
De acordo com o chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Rondônia, Frederico Botelho, “pelas características da agropecuária de Rondônia, com uma atividade pecuária praticada em grandes áreas de pastagem degradada, e a grande expansão da atividade agrícola (arroz, soja e milho), a ILPF é uma tecnologia que poderá contribuir significativamente para uma agropecuária forte e sustentável, tornando o estado referência na região Amazônica”.
Realização e parcerias
O Dia de Campo é uma iniciativa da Embrapa Rondônia e do Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas na Amazônia (PRADAM). Conta com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que dissemina práticas de Agricultura de Baixo Carbono (ABC) na região Amazônica. O PRADAM mostra aos produtores que, com tecnologias ABC, é possível produzir em áreas já abertas e que não há necessidade de avançar sobre as florestas para impulsionar a produtividade nas propriedades.
O evento conta também com a parceria do Projeto Rural Sustentável, cujo objetivo é melhorar a gestão da terra e das florestas por agricultores nos biomas Amazônia e Mata Atlântica para o desenvolvimento rural sustentável, redução da pobreza, conservação da biodiversidade e proteção do clima, contribuindo para o desenvolvimento do Plano de Agricultura de Baixo Carbono - Plano ABC, por meio do fomento de implantação de tecnologias em propriedades rurais.
A prefeitura de Porto Velho, pela Subsecretaria de Agricultura, apoia o evento, e incentiva a promoção sustentável da agropecuária municipal.
Programação completa:
Fonte: Embrapa Rondônia

 

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Abastecimento (10) Abiove (2) Acordo Internacional (8) Acrocomia aculeata (32) Agricultura (13) Agroenergia (18) Agroindústria (8) Agronegócio (33) Agropecuária (14) Alimentos (242) Amazônia (5) animal nutition (1) ANP (21) Arte (1) Artigo (6) Aspectos Gerais (177) Aviação (28) Aviation market (14) B12 (1) B13 (2) Bebidas (1) Biochemistry (5) Biocombustíveis (275) Biodiesel (172) Bioeconomia (25) Bioeletricidade (8) Bioenergia (59) Biofertilizantes (2) Biofuels (97) Biomass (7) Biomassa (68) Biomateriais (2) Biopolímeros (7) Bioproducts (1) Bioprodutos (4) Bioquerosene (24) Biotechnology (31) Biotecnologia (21) Bolsa de Valores (11) Brasil (6) Brazil (28) Cadeia Produtiva (3) Capacitação (1) Carvão Ativado (5) CBios (18) CCEE (1) Celulose (1) Cerrado (5) Ciência e Tecnologia (231) Clima e ambiente (198) climate changed (39) CNA (1) Cogeração de energia (18) Combustíveis (48) Combustíveis Fósseis (13) Comércio (2) Consciência Ecológica (9) COP24 (76) COP25 (20) COP26 (2) Copolímeros (2) Cosméticos (22) Crédito de Carbono (37) Crédito Rural (1) Créditos de Descarbonização (10) Cultivo (97) Curso (1) Davos (2) Desenvolvimento Sustentável (33) Diesel (7) Diesel Verde (2) eco-friendly (4) Economia (50) Economia Circular (1) Economia Internacional (105) Economia Verde (166) Economy (30) Ecosystem (5) Efeito estufa (12) Eficiência energética (27) Empreendedorismo (1) Empresas (3) Energia (49) Energia Renovável (199) Energia Solar Fotovoltaica (4) Etanol (31) Europa (1) event (9) Eventos (90) Exportações (38) Extrativismo (30) FAO (1) Farelos (33) farm (1) Fibras (8) Finanças (3) Floresta plantada (84) Fomento (1) Food (42) food security (7) forest (1) Fuels (22) Gás (1) Gasolina (1) Gastronomia (1) GEE (1) Glicerina (1) Global warming (87) Green Economy (123) health (22) IBP (1) Incentivos (1) Industry 4.0 (1) Inovação (32) IPCC (14) L72 (4) L73 (1) Legislação (5) Lignina (2) livestock (4) Low-Carbon (45) Lubrificantes e Óleos (20) Macaúba (540) Madeira (3) Mamona (1) Manejo e Conservação (53) MAPA (3) Meio Ambiente (112) Melhoramento e Diversidade Genética (61) Mercado (3943) Mercado de Combustíveis (37) Mercado Financeiro (7) Mercado florestal (60) Mercado Internacional (23) Metas (1) Milho (4) MME (10) Mudanças Climáticas (4) Mundo (3) Nações Unidas (1) Nutrição animal (17) nutrition (9) Oil (49) Oleaginosas (44) Oleochemicals (6) Óleos (230) Óleos Essenciais (1) ONU (4) other (1) Palma (7) Paris Agreement (79) Pecuária (71) Pegada de Carbono (68) Personal Care (2) Pesquisa (10) Petrobras (3) Petróleo (18) PIB (1) pirólise (2) Plant Based (14) Política (70) Preços (6) Preservação Ambiental (4) Produção Animal (2) Produção Sustentável (18) Produtividade (5) Produtos (150) Proteção Ambiental (1) proteína vegetal (28) Recuperação de área Degradada (35) Recuperação Econômica (1) Relatório (1) renewable energy (16) RenovaBio (23) Research and Development (9) Resíduos (2) SAF (2) Saúde e Bem-Estar (88) science and technology (45) Sebo (1) Segurança Alimentar (71) Segurança Energética (4) Sistema Agroflorestal (9) Sistemas Integrados (2) Soil (8) Soja (22) Solos (11) Sustainability (45) Sustainable Energy (64) Sustentabilidade (408) Tecnologia (1) Transportes (2) Turismo Sustentável (2) Vídeo (215) World Economy (74)

Total de visualizações de página