Buscar

Importação ilimitada de etanol ameaça indústria brasileira do setor, diz Maggi

segunda-feira, julho 31, 2017

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que a importação ilimitada de etanol pode acabar com a indústria do produto no Brasil. “Os Estados Unidos estão muito agressivos. Eles são muito competitivos”, afirmou. O Ministério da Agricultura defendeu na terça-feira, 25, em reunião da Câmara de Comércio Exterior (Camex), uma proposta que permite a importação de …
O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que a importação ilimitada de etanol pode acabar com a indústria do produto no Brasil. “Os Estados Unidos estão muito agressivos. Eles são muito competitivos”, afirmou.

O Ministério da Agricultura defendeu na terça-feira, 25, em reunião da Câmara de Comércio Exterior (Camex), uma proposta que permite a importação de até 500 mil toneladas do produto por ano, sem imposto de importação. Acima disso, seria aplicada uma alíquota de 20%. Não houve, porém, consenso porque os Ministérios das Fazenda e do Planejamento pediram para analisar melhor a proposta. A decisão, então, foi adiada por 30 dias.
Sem-terra
O ministro Blairo Maggi também disse que a propriedade de sua família invadida por sem-terra é produtiva, por isso, não cabe qualquer pretensão de desapropriação para fins de reforma agrária. “É uma ação política, que tem dia para começar e dia para terminar”, comentou.
Ele negou também que haja trabalho escravo na propriedade. “Se tivesse qualquer resquício disso, eu não estaria aqui”, afirmou. O ministro deu posse nesta quarta-feira a três novos diretores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa): Lúcia Gatto, Cleber Oliveira Soares e Celso Luiz Moretti.
Fonte: Estadão

Curta nossa página no Facebook!

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Categorias

Total de visualizações de página