Buscar

Caracterização citogenégica de Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd. ex Mart

sexta-feira, outubro 07, 2016

Autora: Thaís Leles Advíncula

Orientadora: Profa. Dra. Cecília Alzira Ferreira Pinto-Maglio

Resumo:
A palmeira Macaúba, no cenário atual é uma das espécies oleaginosas que tem chamado a atenção devido à qualidade de seu óleo, contendo na polpa de seus frutos aproximadamente 66% de ácido oleico (monoinsaturado) que possibilita que o óleo esteja no estado líquido em condições ambiente. Assim é considerada uma planta promissora para a produção de biodiesel, alcançando produtividade de 4,2 mil litros de óleo por hectare por ano, superior ao valor das duas culturas que ocupam as maiores áreas plantadas no Brasil para a produção de óleo, a soja e girassol. A espécie silvestre brasileira (Acrocomia aculeata) bem como outras espécies do gênero Acrocomia necessitam de estudos básicos citogenéticos de forma que possam ampliar o conhecimento ainda no pré-melhoramento das espécies passíveis de serem utilizadas em cruzamentos para a obtenção de híbridos. O objetivo do trabalho foi efetuar a caracterização cariotípica de duas populações da espécie A. aculeata, com a aplicação de técnicas citogenéticas clássicas, como a coloração com Giemsa e técnicas citomoleculares, como o bandamento com os fluorocromos Cromomicina A3 com Distamicina (CMA3/DA) e 4’-6-diamidino-2-fenilindol com Actinomicina (DAPI/AMD). Adicionalmente foi realizado o mapeamento das regiões organizadoras do nucléolo através da técnica de hibridação fluorescente de ácidos nucléicos in situ (FISH) utilizando-se como sonda a sequência 45S de DNA ribossômico (rDNA). Os resultados obtidos a partir da aplicação das técnicas de bandamento CMA3/DA e DAPI/AMD são inéditos para a espécie A. aculeata. Os complementos cromossômicos das duas populações analisadas, Montes Claros/MG e Santa Luzia/MG possuem 2n=2x=30 cromossomos. Os indivíduos das duas populações apresentam cariótipos assimétricos com distintas fórmulas cariotípicas 13m+1sm+1st e 12m+2sm+1st, respectivamente. Através do bandamento com os fluorocromos DAPI/AMD e CMA3/DA foi possível a caracterização das populações. O bandamento DAPI foi positivo na diferenciação longitudinal dos cromossomos de apenas um dos complementos. O bandamento com CMA foi positivo para ambos os complementos, porém os pares cromossômicos bandados não puderam ser identificados. O emprego de FISH com a sequência de rDNA 45S como sonda, não resultou na detecção de sítios de hibridação nos complementos dos indivíduos das duas populações não sendo possível evidenciar as regiões organizadoras do nucléolo. Foram estimados o comprimento total da cromatina (CTC), o índice centromérico (IC), o índice de assimetria cariotípica (TF%) e o coeficiente de variação das médias dos comprimentos totais xiii dos cromossomos (CV%). O conjunto de dados obtidos permitiu a distinção entre os cariótipos das duas populações da espécie Acrocomia aculeata resultando num avanço na diferenciação intraespecífica deste grupo de plantas. 

Palavras-Chave: Cariótipo, hibridação in situ, técnicas citomoleculares, bandamento, CMA, DAPI, fluorocromos, número de cromossomos, macaúba.

Curta nossa página no Facebook para ficar por dentro das novidades do mercado da Macaúba!

Veja também:

0 comentários

Agradecemos seu comentário! Volte sempre :)

Total de visualizações de página